Sobre

"A arte é uma dimensão estética que dá valor ao que é importante para o ser humano."

Ellen Dissanayake

Sobre o projeto

Ingresso Social é uma plataforma on-line que tem o objetivo de promover o acesso de pessoas de baixa renda (ou que tenham difícil acesso) a experiências culturais e esportivas como shows, peças de teatro, exposições, competições, partidas, etc.

O nome reflete que o projeto tem uma missão social de promover o acesso às experiências que queremos oferecer.

Objetivos

  • Estimular a participação cultural e artística
  • Estimular o interesse por experiências esportivas
  • Promover a inclusão social
  • Democratizar o Acesso
  • Incentivar que as pessoas experimentem coisas novas
  • Impactar positivamente no comportamento através da experiência com os espaços de cultura

Como isso acontece?

A plataforma oferece uma oportunidade de você fazer a sua doação para que o projeto consiga viabilizar a estrutura necessária – como transporte, alimentação, segurança – e ingressos  para promover experiências culturais e esportivas para crianças, jovens, adultos e idosos de baixa renda.

Quem faz o projeto?

Oferecer acesso à cultura e ao esporte é o que motiva a IMELC = Instituto Movimento ao Esporte Lazer e Cultura. A entidade nasceu em 2009 com a missão de gerar transformação social através do acesso e da oportunidade de contato com o lazer, o esporte e a cultura.

Essas áreas têm o potencial de ampliar visão de mundo, educação, cooperação, pensamento crítico e desenvolvimento psicossocial na formação integral do ser humano e cidadão.

Um agente só não gera mudança. É preciso um ecossistema de pessoas, empresas e organizações engajadas com essa causa para tornar melhor e mais igualitária a vida de tantas pessoas.

Por que estamos preocupados com isso?

Levantamento “Cultura nas capitais” (2018) feito pela consultoria J.Leiva em parceria com Datafolha mostra: você sabia que no Brasil, cerca de 32% da população brasileira precisa de acesso gratuito para aproveitar atividades culturais no país? Você sabia que 12 milhões de brasileiros nunca foram ao teatro e 10 milhões nunca foram ao museu?

De acordo com a antropóloga cultural Ellen Dissanayake, a arte é uma dimensão que dá valor ao que é importante para o ser humano. Isso significa que arte e cultura é essencial para o ser humano e para alimentar aspectos humanos como a criatividade, a linguagem e o comportamento social.

A arte é uma das portas de entrada mais eficazes para o aprendizado e a socialização de pessoas com deficiência, apesar de não ser o único. São dados como esse que nos faz entender que a arte deve ser estimulada ao máximo.

  1. A arte promove a ativação e desenvolvimento dos sentidos;
  2. Estimula reação consciente e articulada;
  3. Ajuda na socialização
  4. Estimula o pensamento criativo.

O estudo “Artes e Esportes – Relação com desenvolvimento humano integral” (2019), uma iniciativa da Fundação Itaú Social, mostra um aspecto importante da arte que é o estímulo de vocabulário, principalmente levando em conta as diversas modalidades artísticas e tipos de linguagem diferentes que elas necessitam, principalmente em termos de adjetivos, verbos e advérbios.

Além disso, O artigo 27 da Declaração Universal dos Direitos Humanos, estabelecida em 1948, ressalta a importância do direito à vida cultural, artística e científica:

“Todo ser humano tem o direito de participar livremente da vida cultural da comunidade, de desfrutar das artes e de participar do processo científico e de seus benefícios.”

É por tudo isso e por saber que a cultura como ferramenta de transformação de realidades, de ampliação de visão de mundo, de educação, de vida, que o Ingresso Social existe!

O que o projeto quer alcançar?

  • Estimular a participação cultural e artística
  • Estimular o interesse por experiências esportivas
  • Democratizar o Acesso
  • Incentivar que as pessoas experimentem coisas novas